DestaquesGeralRegiãoÚtimas Notícias

Casas destelhadas, espaços danificados e vias bloqueadas: veja a situação de Lajeado após o temporal

0
Compartilhe este post

O município de Lajeado enfrenta as consequências do intenso temporal que atingiu a região na noite da última terça-feira. Até o momento, não há relatos de feridos ou mortes em decorrência do evento climático, mas diversos danos materiais foram registrados.

Os bairros mais afetados, incluindo Santo Antônio, Nações, Olarias, Conventos e Centenário, reportam casas destelhadas. A Defesa Civil já forneceu lonas para cerca de 50 famílias afetadas, embora não haja informações sobre desalojados até o momento.

As obstruções nas vias tornaram-se uma preocupação significativa, resultantes da queda de árvores em diversos pontos da cidade. O problema é agravado pela interrupção de energia elétrica em muitas áreas, devido às árvores e galhos que caíram sobre as redes elétricas.

No âmbito educacional, o município testemunhou a queda parcial de um ginásio na escola Vida Nova, localizada no bairro Conventos. A situação exige avaliação e intervenção imediatas para garantir a segurança da comunidade escolar.

Embora haja relatos de problemas em propriedades privadas, as informações específicas ainda não estão disponíveis, sendo necessário avaliar caso a caso.

Além disso, várias ruas encontram-se interditadas devido aos danos causados pelo temporal. Algumas dessas interdições incluem:

  • Rua João Alberto Schmidt, esquina com avenida Benjamin Constant e rua das Laranjeiras, com tapumes de obra na pista.
  • Árvores obstruindo a rua Bento Gonçalves entre a rua Marechal Deodoro e rua Osvaldo Aranha.
  • Rua Osvaldo Aranha entre rua Bento Gonçalves e rua Ítalo Reali, com árvores sobre a pista.
  • Av. Beira Rio, diversos pontos em meia pista devido a fios e árvores caídas.
  • Rua Padre Amstad, atrás do Claudião, com uma árvore caída.
  • Rua Júlio May/Bento Gonçalves.
  • Av. Benjamin Constant entre a Silva Jardim e Osvaldo Aranha.
  • Décio Martins Costa, no Valão.
  • Rua Irmando Weissheimer (Montanha).
  • Rua Otto Schmitt/Carlos Sphor Filho, com árvore caída.
  • Rua Ceará (São Cristóvão) com árvore caída.

As equipes de resgate e assistência seguem mobilizadas para lidar com os desafios emergentes e garantir a segurança da população.

Fonte: Agora no Vale

Mais em Destaques