AgriculturaGeralPrevisão do TempoRegião

Maior desafio para safra de verão será produzir em meio a estiagem

0
Compartilhe este post

A incidência do fenômeno La Niña, ocasionando pouca chuva, é um desafio a mais para a safra de verão.

Ana Lanches

A chuva que atingiu a região nesta segunda-feira (09) trouxe um alento para os agricultores. A incidência do fenômeno La Niña, ocasionando pouca chuva, é um desafio a mais para a safra de verão.

Conforme dados da Estação Meteorológica da Embrapa Trigo, o volume de chuva nos três últimos meses ficou abaixa da média histórica para o período. Em outubro, a situação se agravou quando choveu apenas 47.4 milímetros, pouco menos da metade da média prevista, que era de 152 milímetros.

Para novembro, as previsões indicam que a chuva não será em grande quantidade. A estimativa é de algo em torno de 60 a 70 milímetros, quando a média para o mês é de 131 milímetros. Essa situação de tempo seco prejudica as lavouras de milho principalmente que estão na fase de desenvolvimento. A soja é um pouco mais resistente, mas se a seca continuar também terá dificuldades.

Participando do programa Cotações e Mercado na Uirapuru, o analista de mercado da HS Sementes, Mário Klein, citou que o maior desafio do agricultor nessa safra será produzir, já que os preços vão continuar estáveis para os próximos meses.

*Rádio Uirapuru

Mais em Agricultura