CulturaDestaquesPaís

São João: conheça a história do santo ligado às festas juninas

0
Foto: Divulgação/ São João do Guará
Compartilhe este post

São João é celebrado nesta segunda-feira (24/6). O santo é conhecido como festeiro e é um dos homenageados nas festas juninas. Segundo a Bíblia, João Batista era primo de Jesus e foi o profeta responsável por anunciar a vinda dele e batizá-lo.

“João Batista, assim cognominado pelo batismo que administrava, foi o precursor de Jesus, aquele que o apresentou ao povo de Israel. Anunciado ao seu pai Zacarias, foi santificado ainda no seio materno quando da visita de Nossa Senhora, já grávida do Menino Jesus, à sua prima Isabel. Por isso a Igreja festeja, no dia 24, o seu nascimento, ao contrário de todos os outros santos, dos quais ela só comemora a morte, ou seja, seu nascimento para o céu”, destaca a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

As chamadas festas de São João foram criadas pelos camponeses europeus para celebrar o início do verão e a celebração chegou ao Brasil durante a colonização, com a chegada dos portugueses a partir de 1500. João Batista nasceu cerca de seis meses antes de Jesus. Por isso a Festa de São João foi fixada no dia 24 de junho, seis meses antes da véspera do Natal.

No núcleo deste evento forte está a figura robusta de João Batista, a voz que grita no deserto, que preparou os caminhos do Senhor, apontou o Cordeiro aos discípulos e foi o maior dentre os nascidos de mulher. Redescubramos essa imagem forte. As fogueiras que acendemos, de certa forma, sinalizam para nós que João Batista, com sua presença, foi aquele que acendeu a luz e apontou para nós o Cristo Jesus, a luz do mundo! Viva São João”, ressalta a CNBB.

Correio Braziliense

Mais em Cultura