GeralÚtimas Notícias

Supermercado de Tramandaí é condenado a indenizar funcionário trans que era chamado pelo nome de registro no trabalho

0
Compartilhe este post

A Justiça do Trabalho de Tramandaí, no Litoral do Rio Grande do Sul, condenou uma rede de supermercados a indenizar em R$ 5 mil, por danos morais, um funcionário trans que era chamado pelo nome de registro no local de trabalho. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (12).

O nome da rede não foi divulgado pela Justiça. Ela recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região para tentar reverter a decisão.

Conforme a Justiça, o trabalhador sofreu discriminação de gênero no ambiente de trabalho. Ele solicitou a troca do nome no crachá ao setor de recursos humanos do supermercado “por diversas vezes”, mas não foi atendido. Testemunhas confirmaram que ele era chamado por outro nome que não aquele com o qual se identificava.

Mais em Geral