GeralSegurança

Bandidos fazem cordão humano para atacar agência do Sicredi em Monte Alverne

0
Compartilhe este post

Santa Cruz do Sul – Uma quadrilha realizou um cordão humano (novo cangaço) para atacar a agência do Sicredi, em Monte Alverne, distrito do município de Santa Cruz do Sul. O crime aconteceu no início desta tarde.

Conforme o portal Arauto, os criminosos armados com fuzis fugiram em um Onix vermelho e em um Gol prata. O Onix foi incendiado sobre uma ponte para dificultar a aproximação das viaturas da Brigada Militar.

A fuga dos bandidos aconteceu em direção à Venâncio Aires. Dois funcionários do banco chegaram a ser levados como refém, mas foram liberados logo depois.

Durante a fuga os bandidos renderam o Padre Irineu Sehnem. Ele conta que estava indo para Santa Cruz do Sul e vinha por Linha Brasil, e viu um veículo atravessado na ponte, o Ônix usado no assalto, ainda sem fogo. Em seguida, os criminosos fugiriam em um outro automóvel, mas perderam as chaves. Com isso, renderam o padre para roubar o gol e atearam fogo no Ônix. “Acho que eram cinco pessoas. Mandaram eu sair do carro, entregar as chaves e foram com o meu carro. Eu reagi com calma, eles estavam nervosos, me ameaçaram, mas não foram violentos“, conta.

Em seguida, o bando troucou de carro e abandonou o Gol.

Onix teria sido queimado sobre ponte (Foto: Divulgação/Portal Arauto)

Fontes: O Diário e Portal Arauto

Mais em Geral