DestaquesGeralNegóciosTecnologia

Ciberataques causam interrupção dos serviços de Internet em provedores da região

0
Foto: Divulgação / Fecomércio SP
Compartilhe este post

Milhares de provedores de Internet no Brasil estão sofrendo ataques DDoS, o que tem causado a instabilidade nos serviços, em todo o Brasil. Na região, os ataques tem afetado as principais empresas e automaticamente a qualidade dos serviços prestados pelas mesmas.

A situação é tão complicada, que as quatro empresas que disponibilizam servidores de internet em Espumoso (Tecwave, CB Net, Coprel e Atua internet) se uniram para buscar ações para acabar com os ataques ou pelo menos diminuir os mesmos.

Dados da Associação dos Provedores de Internet (InternetSul) apontam que a indisponibilidade chegou a gerar períodos de mais de 2 horas de ausência de sinal para usuários de diversos provedores no Rio Grande do Sul. Para outros, não houve indisponibilidade total, mas sinal instável.

Guerra contra Israel

Os ataques ocorrem após o anúncio do grupo de cyber ativistas IRoX Team, que declarou uma guerra cibernética contra Israel e seus apoiadores, divulgando datas para ataques cibernéticos globais. Para o Brasil, a data estipulada foi 20 de outubro, e, de fato, desde então os provedores brasileiros estão sofrendo os ataques DDoS.

Conforme o IRoX Team publicou via Telegram, o motivo do ataque seria perturbar a presença online e as atividades de países e organizações que o grupo entende como associadas a Israel.

O que fazer no caso de ataques

Como orientação aos provedores, a InternetSul recomenda:

  • – Assim que detectado o ataque, registrar Boletim de Ocorrência, informando data de início do ataque, base de usuários, eventuais danos causados.
  • – Informar a Associação a respeito do ataque, se possível enviando o BO registrado, para que se possa fazer o levantamento, balanço e encaminhamento de ações informativas e corretivas.
  • – Informar os usuários a respeito do ocorrido e das providências que estão sendo tomadas, informando previsão de retorno dos serviços e disponibilizando canais para que os clientes possam se comunicar com o provedor para obter a ajuda necessária.
  • – Recorrer às ferramentas de mitigação de risco DDoS e buscar o auxílio com a máxima rapidez possível, visando a minimizar os problemas para suas redes, serviços e usuários.
  • – Buscar ações conjuntas junto aos fornecedores de ferramentas de mitigação de riscos DDoS, quando possível, visando a obter maior força pela soma de atingidos.

Mais em Destaques