Conecte-se Conosco

Agricultura

Colheita da soja passa dos 80% da área no RS e se encaminha para novo recorde

Publicado

em

Com mais de 80% das áreas de soja colhidas, o Rio Grande do Sul se encaminha para um novo recorde de produção – mesmo em uma safra marcada por instabilidade climática. O resultado, estimado em 18,75 milhões de toneladas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), será garantido principalmente pelo aumento da área cultivada com o grão – já que os rendimentos oscilaram bastante entre as regiões gaúchas.

– Estamos um pouco céticos em relação ao novo recorde. É uma safra muito boa, sem dúvida, mas tivemos muitas variações de produtividade por conta de problemas climáticos – pondera  Luis Fernando Fucks, presidente da Associação dos Produtores de Soja no Rio Grande do Sul (Aprosoja-RS).

A ressalva do dirigente refere-se ao rendimento nas lavouras da Metade Sul, afetadas pelo excesso de chuva em janeiro. É o caso do produtor e agrônomo Patrick Barcellos de Lima, que teve o potencial produtivo dos 2 mil hectares cultivados em São Gabriel, na região da Campanha, reduzidos em pelo menos 15%.

– As áreas mais baixas, de várzea, foram as mais prejudicadas, tanto pela chuva de janeiro quanto pela estiagem na primeira quinzena de fevereiro – conta o produtor.

Com 65% da área colhida, o agrônomo projeta encerrar a safra nos próximos 15 dias com média geral de 3,3 mil quilos por hectare – o equivalente a 55 sacas por hectare. Embora não seja recorde em rendimento, é histórica em volume para a propriedade, já que Lima quase dobrou a área cultivada em relação ao ano passado.

– Para mim, será recorde porque venho ampliando a área a cada ano – resume Lima.

Fonte: Gaúcha

Propaganda
Clique para comentar
Propaganda