DestaqueEstadoPolíciaÚtimas Notícias

Contrabando de soja volta a ser flagrado na fronteira com a Argentina

0
3° BABM / Divulgação
Compartilhe este post

Em 12 dias, 42 toneladas de soja contrabandeada foram apreendidas pela polícia em Tiradentes do Sul, no noroeste do RS. O caso mais recente ocorreu na última sexta-feira (26), quando 30 toneladas do grão foram encontradas em galpões e em um caminhão na localidade de Linha Epaminondas, no interior do município.

O flagrante foi feito pelo Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) durante a Operação Protetor de Divisas e Fronteiras. A equipe seguiu rastros de grãos que saíam das margens do Rio Uruguai, na área de fronteira com a Argentina, e seguiam por uma estrada.

O caminho levou os policiais até uma propriedade, onde havia dois galpões com estrutura de armazenamento de soja e um sistema de ensacamento de grãos. Além dos cerca de 30 mil quilos de soja foram encontradas dezenas de embalagens com inscrições em espanhol.

No local havia ainda vestígios de queima de embalagens, o que, segundo a polícia, seria uma tentativa de destruir as provas da origem do produto. Em um acampamento próximo também foram encontrados uma carabina de pressão 5.5, um binóculo, cinco rádios comunicadores com bateria e um livro caixa com informações do comércio de soja.

As outras 12 toneladas foram apreendidas pela Brigada Militar na noite de 14 de janeiro, em um porto clandestino também na linha Epaminondas. Caminhões, a carga de soja e outros equipamentos foram apreendidos. Em ambos os casos todos os itens foram encaminhados à Polícia Federal, mas ninguém foi preso.

Cidade conhecida pelo contrabando

Em setembro de 2023, o Grupo de Investigação da RBS (GDI) mostrou como os contrabandistas agem para trazer soja argentina ao RS pelo município de Tiradentes do Sul e através de outros portos na Região Noroeste.

Já neste mês, outra ocorrência chamou a atenção na cidade: a recuperação de uma retroescavadeira roubada há mais de 560 quilômetros de distância, em Piratini, e que estava sendo levada para a fronteira. A suspeita é de que o maquinário fosse levado ilegalmente para a Argentina.

Para coibir esses crimes fronteiriços, em dezembro do ano passado a Polícia Federal deflagrou as operações Dangerous e Paschoal, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa suspeita do esquema bilionário de contrabando de grãos e agrotóxicos da Argentina para o Brasil.

A ação mobilizou 200 policiais federais, cumpriu 59 mandados de busca e apreensão e 16 mandados de prisão. No Rio Grande do Sul os mandados foram cumpridos em Tiradentes do Sul e nas cidades de Palmeira das Missões, Rodeio Bonito, Cerro Grande, Três Passos, Horizontina, Crissiumal, Santo Ângelo, Condor, Tuparendi e Santana do Livramento.

GZH Passo Fundo

Mais em Destaque