GeralPolícia

Criminosos suspeitos do ataque em Criciúma estão sendo presos no Rio Grande do Sul

0
Compartilhe este post
Ana Lanches

Pelo menos oito dos 30 suspeitos de envolvimento com o ataque a uma agência do Banco do Brasil localizada em Criciúma, no estado de Santa Catarina, já foram encontrados pelas forças policiais. A maior parte deles havia se deslocado para o Rio Grande do Sul: dois acabaram detidos em São Leopoldo, dois em Gramado e um em Morrinhos do Sul.

Os outros estavam em Passo de Torres.

Guarnições do BOPE de Santa Catarina encontraram na madrugada desta quinta-feira (03) uma residência em Três Cachoeiras (RS), onde supostamente teria sido utilizada como transição para fuga do crime praticado em Criciúma. A ocorrência segue em andamento.

Na residência, segundo a Polícia Militar, foram encontrados vários vestígios como sangue, acionador para explosivos, um veículo furgão e um homem foi detido. A abordagem conta com a participação do BOPE da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

No início da manhã desta quinta-feira, 03, policiais do 9° Batalhão de Polícia Militar (9° BPM), de Criciúma, recuperaram um veículo FIAT/TORO roubado na noite anterior da Prefeitura Municipal de Içara. Durante as buscas, os policiais acabaram avistando o veículo, que estava abandonado em uma residência no bairro Renascer, em Criciúma.

Diante dos fatos, o veículo foi removido e encaminhado à Delegacia de Polícia, para que fossem realizados os devidos procedimentos legais cabíveis.

Na quarta-feira (03), por volta das 23 horas, seis homens encapuzados invadiram o pátio da Prefeitura Municipal de Içara, renderam o vigilante e roubaram um veículo FIAT/TORO. Em relato, o vigilante informou que foi surpreendido pelos criminosos, que ameaçaram lhe colocar no porta malas do veículo.

*Rádio Planalto News

Mais em Geral