GeralRegião

Empresário carazinhense doará três moradias para famílias que perderam tudo em incêndios

0
Compartilhe este post

Sensibilizado com a dificuldade que algumas pessoas têm enfrentado, Zani Costa dos Santos anunciou a disponibilização dos imóveis para beneficiar quem precisa

Nas últimas semanas várias ocorrências de incêndio em residência foram registradas em Carazinho. A maioria das famílias que passaram por esta situação perdeu tudo. O empresário Zani da Costa Santos, também presidente da CDL local, está sensibilizado com a situação e entrou em contato com a Rádio Diário AM 780 para colocar três imóveis à disposição. São imóveis de madeira, que devem ser desmachados e reconstruídos em outro local.

“Estou preocupado com esta situação. É um ano atípico, de pandemia, estamos perdendo vidas e agora estes incêndios em que as famílias estão perdendo seus pertences e sua história. Sou de origem simples e sei das dificuldades de se manter um lar. Por isso quero colocar à disposição estas três casas que tenho, que foram construídas com madeira de alta qualidade e que pode ajudar estas famílias”, colocou ele

Costa reconhece que para que a ideia dê certo, precisará da ajuda de outras pessoas, uma vez que as residências precisam ser desmanchadas, o material transportado e reconstruídas em outro lugar. Os imóveis medem cerca de 80m² e tem estrutura completa, inclusive banheiros.

“Acho que o momento é oportuno. Estou doando de coração pois tenho visto com muita tristeza estes episódios. Precisaremos de mais mãos para colocar isso em prática. Quem sabe mais alguns empresários não se unem conosco”, ressaltou.

Departamento de Habitação é parceiro

Contatado pela reportagem da Rádio Diário AM 780, o diretor de Habitação, Vanderlei Lopes Júnior, disse que o poder público é parceiro e elogiou a iniciativa do empresário.

“Estamos à disposição, no que pudermos ajudar nesta ação. É muito bom vermos que há pessoas preocupadas com o próximo”, disse.

Segundo Lopes, o departamento providenciou kits construção para as famílias que sofreram prejuízos com os incêndios, para que as famílias pudessem recomeçar.

*Diário da Manhã

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Geral