DestaquesGeralSaúde

Enfermeira Raquel Alberto é a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 em Espumoso

0
Compartilhe este post
Ana Lanches

Dez meses depois do início da pandemia causada pela Covid-19 no Brasil, Espumoso iniciou nesta quarta-feira, 20, o processo de imunização contra o Coronavírus. O ato inicial de vacinação foi realizada no Centro Municipal de Saúde, Drº Gerardo Barbosa e inicialmente vacinicou três profissionais da secretaria municipal de saúde que desde o início da pandemia estão na linha de frente do enfrentamento ao covid. A primeira pessoa a ser vacinada em Espumoso foi a enferneira Raquel Alberto que coordenadou o processo de triagem e atendimento aos pacientes no setor criado na SMS.

Os outros dois profissionais foram o Médico Odair Biscoski e a servente Fernando Bortoluzzi, que também atuam na equipe Covid.

Para a secretária de saúde Marileisa Valandro, o ato inicial significa um novo marco nestes tempos de luta contra a doença. “Desde o início da pandemia nós sempre buscamos o melhor atendimento, a doação por completa de toda a equipe e a busca por salvar o máximo de pessoas possíveis. Hoje iniciamos a vacinação com esses profissionais que tanto merecem essa primeira imunização, visto que sempre estiveram na linha de frente e hoje a forma de agradece-los pelo empenho é justamente priorizá-los na vacinação.” salientou a secretária.

O prefeito Douglas Fontana salientou o trabalho feito até agora para conter a propagação e lembrou da necessidade de manter os cuidados. “Nós estamos há 10 meses trabalhando para combater esse vírus e desde que surgiu não medimos esforços para manter o menor número de pessoas da cidade contaminadas, felizmente hoje temos o início dessa vacinação que tanto esperamos. Devemos ainda lembrar dos cuidados que devem ser mantidos para frear ainda mais o contágio e por fim agradecer os profissionais de saúde que tanto se empenham e dizer que acho muito justa essa posição de vacinar primeiro os profissionais da saúde.” declarou o prefeito Fontana.

A campanha de imunização contra a Covid-19 deverá ser realizada aos poucos, visto a necessidade da produção em massa das vacina e as dificuldades enfrentadas na produção.

A secretaria irá divulgar as datas e os grupos que serão vacinadas de acordo com as doses que forem enviadas para a cidade.

Mais em Destaques