JustiçaÚtimas Notícias

Espumoso: Acusado de feminicídio é condenado a 18 anos e 6 meses de prisão

0
Compartilhe este post

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Espumoso-RS condenou, nessa quarta-feira (6/12), o réu Cristiano Francisco da Costa pelo crime de feminicídio. Ele é acusado de assassinar a esposa estrangulada.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado, o caso ocorreu no dia 14 de agosto de 2021, em horário não esclarecido, porém no período compreendido entre às 05h29min e às 09h, na Rua Progresso, s/n, Bairro Alto Tigreiro, em Espumoso, RS, após uma discussão o denunciado Cristiano, investiu contra sua companheira Elisete Lopes Mate, agarrou-a pelo pescoço e a estrangulou até a morte.

Após matar a vítima, o réu foi até o banco e sacou o valor de R$ 2.000,00 da conta da vítima e fugiu para a cidade de Guaiba.

Posteriormente foi decretada sua prisão preventiva, se encontrando preso desde então.

A defesa negou a intenção de matar, pedindo a desclassificação para crime culposo. Em caso de não acolhimento, solicitou a desqualificação do crime para homicídio simples.

O Conselho de Sentença do Júri não acatou e decidiu pela condenação do réu.

A juíza da Comarca Dra. Priscilla Varjão Cordeiro, fixou a pena em 18 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado.

Na acusação atuaram a Promotora de Justiça Dra. Suzane Hellfeldt e o advogado Dr. Ivan Batista, representando a família da vítima.

A defesa do réu foi feita pela defensora pública Jessika Freire.

Mais em Justiça