AgriculturaGeral

Feijão alcança preços recordes

0
Compartilhe este post

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

Símbolo da culinária brasileira, o feijão tem atingido preços recordes no mercado brasileiro. Ainda não repassado aos consumidores, o reajuste do produto deverá pressionar a inflação dos alimentos em junho. A saca de 60 quilos do feijão carioca, responsável por 75% do consumo brasileiro, chegou a ser negociada a R$ 600 na Bolsinha de São Paulo – referência para formação de preço do produto no país.

O feijão preto, consumido e produzido especialmente no Sul, chegou a R$ 280,00 no atacado.

A baixa oferta do produto é reflexo da quebra na primeira e na segunda safra no país, em razão de problemas climáticos no Sudeste e Centro-Oeste. Já iniciada, a colheita da terceira safra de feijão poderá aliviar a pressão nos preços nas próximas semanas.

Mesmo com uma colheita favorável neste ano, com boa produtividade, o Rio Grande do Sul tem o mercado impactado pela redução da produção em outras regiões. Na semana passada, o preço máximo pago ao produtor no Estado chegou a R$ 218,00, conforme a Emater. Em alguns estados já está sendo vendido a R$ 15,00 kg.

Fonte: Zero Hora

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Mais em Agricultura