DestaquesEducaçãoGeral

Governo do RS aponta que 11 regiões estão autorizadas a retomar aulas presenciais nesta terça-feira

0
Foto: Juliano Jaques /Arquivo
Compartilhe este post
Uninter
Ana Lanches

O governo do Estado informou, nessa segunda-feira (07), que 11 das 21 regiões do Rio Grande do Sul estão aptas a retomar as atividades presenciais de Educação Infantil a partir desta terça-feira (08). São regiões que, segundo informação do governo, cumprem a regra de estar ou em bandeira amarela ou há duas semanas, no mínimo, em bandeira laranja.

As regiões que, segundo o critério, estão há duas semanas em bandeira laranja são: Santa Maria, Uruguaiana, Taquara, Guaíba, Passo Fundo, Pelotas, Bagé, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

Inicialmente, o governo do Estado havia indicado que seria preciso que o município cumprisse 14 dias em bandeira laranja, antes de reabrir escolas. O novo detalhamento da trava de segurança, feito nesta segunda (07), contudo, indica que é preciso que a região receba duas bandeiras laranjas em sequência – e não necessariamente passe duas semanas completas nessa condição – antes de retomar atividades presenciais de educação.

O cronograma de liberação das aulas presenciais, determinado pelo governo do Estado, tem a primeira etapa marcada para esta terça (08). Nesta data, podem reabrir as portas as instituições de educação infantil. Independentemente do cronograma estadual, os prefeitos podem ser mais restritivos e manter essas atividades proibidas em seus territórios.

Apesar da liberação estadual, consulta de GZH junto a prefeitos mostra que a perspectiva de retomada das aulas presenciais tem pouca adesão. Apenas nove municípios confirmaram a volta das aulas presenciais nesta semana. Entre aqueles que deverão permitir que as crianças voltem a frequentar aulas já nesta semana estão cidades da Serra (Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi, Carlos Barbosa, Canela, São Marcos e Flores da Cunha) e também Bagé e Lajeado, totalizando pelo menos nove municípios. O governo do Estado ressalta que não há obrigatoriedade para o retorno, que será facultativo, a depender da decisão dos municípios, das escolas e dos pais.

Cronograma do governo do Estado de volta às aulas

  • Educação Infantil: 8 de setembro 
  • Ensino Médio, Ensino Superior e Ensino Técnico: 21 de setembro
  • Ensino Fundamental (anos finais): 28 de outubro 
  • Ensino Fundamental (anos iniciais): 12 de novembro

*GaúchaZH

Mais em Destaques