DestaquesGeralSaúde

Governo estadual quita parte dos repasses em atraso com o Hospital ND São Sebastião

0
Compartilhe este post

O Secretário Estadual de saúde, João Gabbardo esteve reunido na tarde da última segunda-feira, 23 de Janeiro, com a direção do Hospital Notre Dame São Sebastião, lideranças de Espumoso e outros municípios da região, onde confirmou quitar os repasses em atraso do governo do RS com a casa de saúde até sexta-feira, dia 27 de Janeiro de 2017. A audiência foi marcada pelo Deputado Estadual Eduardo Loureiro, o Prefeito Douglas Fontana, a Secretária de Saúde Marileisa Valandro, o Vereador José Carlos Mehring, o Administrador Financeiro do Hospital Rafael Scolari; a Diretora dos Hospitais Notre Dame Irmã Silvania Ioner; o prefeito Gilmar Tonello e o Vereador Cezar Galera de Alto Alegre; o prefeito Everaldo Moraes e primeira dama Glorinha Ramos Moraes de Campos Borges e o prefeito Cirano Camargo e o Secretário de saúde Fábio Camargo de Lagoão.
Na ocasião, os presentes apresentaram a situação do hospital e pediram o apoio do secretário para o recebimento destes valores.

Gabbardo, afirmou que a situação do Estado não é das melhores, porém, disse que o pagamento na integralidade dos repasses atrasados será realizada. E  na sexta-feira (27), a instituição, Hospital Notre Dame São Sebastião, recebeu na conta R$600 mil reais dos R$805 mil que estavam atrasados. Restando ainda o valor aproximado de R$205 mil reais a ser quitado por parte do governo do estado. Já a dívida dos municípios será quitada somente após os pagamentos dos hospitais, como o próprio destacou.
O Hospital Notre Dame São Sebastião já normalizou ainda na sexta-feira, o atendimento do Plantão Hospitalar.

O prefeito Douglas Fontana, durante reunião disse: “Nós trabalhamos com o secretário, o pedido para que o pagamento dos atrasos com o nosso hospital fosse efetuado e obtivemos êxito nisso, assim como falamos sobre o nosso sonho de poder construir o Pronto Socorro Regional e também recebemos total apoio do secretário. Pois, o prefeito, está a par das questões positivas e negativas da área da saúde e prioriza a mesma colocando como forma de desenvolver Espumoso.

Créditos: Assessoria de comunicação HNDSS/Luzia Camargo

Mais em Destaques