PolíciaÚtimas Notícias

Homem mata colega de kitnet e esconde corpo no imóvel por oito dias em SC

0
Compartilhe este post

A Polícia Civil investiga a morte de Fábio Pacheco de Oliveira, de 54 anos, encontrado dentro do kitnet onde morava no bairro Bom Jesus em Curitibanos, cidade no Oeste de Santa Catarina. Um homem que dividia o pequeno apartamento com a vítima confessou o crime, que teria ocorrido uma semana antes após um desentendimento. Para ocultar o assassinato, o suspeito manteve o corpo da vítima no imóvel.

O crime foi revelado após o suposto autor contar ao chefe sobre o assassinato, que teria ocorrido após um desentendimento entre os dois moradores do kitnet.

O patrão convenceu o suspeito a relatar o caso na delegacia, que abriu inquérito para apuração. Após ser interrogado, o homem foi liberado pela polícia em razão da ausência de flagrante.

A delegada Roxane Fávero detalhou o que o suspeito falou em depoimento. Ele contou que os dois se desentenderam durante uma bebedeira e que em seguida aplicou um mata-leão em Fábio.

“O suspeito acreditou que a vítima apenas tivesse desmaiado, mas depois constatou que havia matado a vítima. Durante a semana, o suspeito ficou na casa com o cadáver da vítima e dissimulou o cheiro provocado pelo cadáver jogando produtos de limpeza”, relatou.

Uma equipe da Polícia Civil foi até o local e encontrou o corpo em meio ao kitnet. No local, haviam várias latas de cerveja e garrafas de bebida alcoólica espalhadas pelo chão.

Com informações do G1

Foto: Polícia Civil

Mais em Polícia