GeralRegião

Identificadas todas as vítimas do ataque a escola em Santa Catarina

0
Compartilhe este post

As vítimas são Mirla Renner, de apenas 20 anos, e sua colega, Keli Adriane Anieceviski, de 30. Além delas, as três crianças mortas foram identificadas como Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses, e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses. Segundo a polícia, eles foram mortos por golpes de uma espada ninja.

As duas funcionárias da Escola Infantil Pró-Infância Aquarela, de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, mortas durante o ataque de um jovem de 18 anos, foram identificadas na tarde desta terça-feira (04).

Segundo um portal local, as vítimas foram a agente educacional da escola, Mirla Renner, de apenas 20 anos, e sua colega, a professora Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos. As duas servidoras fizeram aniversário em janeiro deste ano. Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram as mortes e já declararam luto.

Além delas, as três crianças mortas durante o ataque também foram identificadas como Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses, e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses. Um menino também foi ferido e levado até o hospital, mas sobreviveu.

A escola atende crianças de 6 meses a dois anos. No momento do ataque haviam cerca de 30 pessoas na escola.

O jovem não tinha ligação com as vítimas, nem histórico policial. Até o momento não se sabe a motivação deste crime cruel.

RELEMBRE O CRIME

Um adolescente invadiu o berçário de uma escola infantil na manhã desta terça-feira (4) em Saudades, no Oeste de Santa Catarinamatou ao menos três crianças, uma professora e uma agente educacional da escola.

Também houve feridos, mas o número exato não foi divulgado, já que a ocorrência está em andamento.

Segundo informações, as crianças completariam dois anos no segundo semestre deste ano. A escola atende crianças de 6 meses a dois anos. No momento do ataque haviam cerca de 30 pessoas na escola.

Após o crime, o assassino, um jovem de 18 anos e identidade ainda não revelada, deu golpes contra o próprio corpo e foi levado em estado gravíssimo para um hospital da região.

Segundo o delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, o jovem entrou no local e atingiu as vítimas com uma espada ninja. O nome da escola é Escola Infantil Pró-Infância Aquarela.

*Rádio Uirapuru

Mais em Geral