GeralPolíciaÚtimas Notícias

Investigado por suspeita de torturar gatos em Caxias do Sul é preso

0
Foto: Divulgação/Polícia Civil
Compartilhe este post

O homem investigado por torturar gatos e ameaçar integrantes de uma ONG de proteção animal foi preso preventivamente nesta sexta-feira (12), em Caxias do Sul, na Serra do RS. O nome dele não foi divulgado.

Ele foi denunciado pela ONG Sem Raça Definida. Imagens encontradas em celulares do suspeito mostram animais sofrendo mutilações e torturas, segundo a ONG.

O homem já havia sido preso em flagrante em setembro do ano passado, após uma denúncia de maus tratos e tortura feita pela ONG Sem Raça Definida. Na residência dele, a Brigada Militar encontrou oito gatos vivos e um morto amarrados pelo pescoço.

Porém, em dezembro, a Justiça, atendendo a pedido da defesa, autorizou a instauração de incidente de insanidade mental e concedeu a liberdade provisória ao homem. O parecer do Ministério Público foi contrário ao pedido.

Após ameaças às integrantes da ONG, o Ministério Público requisitou que a Polícia retome a investigação.

“Precisamos analisar as medidas que podem ser adotadas durante o processo, já que o suspeito das ameaças já foi, inclusive, denunciado pelo MPRS por maus-tratos a animais”, afirma a promotora de Justiça Janaina de Carli dos Santos.

Mais em Geral