DestaquesGeralMundo

Israel adverte Irã e Hezbollah sobre consequências de conflito com terroristas do Hamas

0
Compartilhe este post

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, proferiu palavras contundentes em relação ao Irã e ao grupo Hezbollah, alertando-os sobre os desdobramentos de um eventual conflito envolvendo o Hamas. “Não subestimem a nossa determinação. Não cometam os mesmos equívocos, pois o preço a pagar será exorbitante”, ressaltou Netanyahu.

Além disso, Netanyahu salientou que a batalha que Israel enfrenta é um desafio compartilhado por todos. “Esta guerra é a guerra de todos nós. Estamos realizando todos os preparativos para o embate no Sul e em todo o país”, assegurou.

Segundo informações do jornal israelense Haaretz, o líder político enfatizou que, neste momento crítico, a nação está unida em torno de um objetivo comum: a vitória. “Triunfaremos porque se trata da nossa própria existência nesta região, que está repleta de forças obscuras. O Hamas é parte do eixo maligno formado pelo Irã e Hezbollah, e eles têm a intenção de mergulhar o Oriente Médio em um abismo de caos”, afirmou.

Netanyahu também ressaltou a importância da disseminação global da situação e fez um apelo de apoio a outras nações: “Agora, muitos ao redor do mundo compreendem contra quem Israel está lutando. O Hamas representa uma nova encarnação do nazismo e, assim como as nações se uniram para derrotar essa ideologia, também devem se unir a nós para combater o Hamas”, defendeu.

O político mencionou ainda seu encontro com representantes das famílias dos reféns. “Estamos comprometidos com todas as famílias. Não pouparemos esforços para trazer nossos irmãos e irmãs de volta”, reafirmou.

Após as declarações de Netanyahu, a sessão do parlamento precisou ser interrompida devido aos sons de sirenes indicando possíveis foguetes na cidade de Jerusalém.

Fonte: Correio do Povo

Mais em Destaques