GeralRegião

Jader Ribeiro Duarte é o novo delegado regional de polícia

0
Compartilhe este post
Ana Lanches

Com a aposentadoria do delegado Edson Tadeu Cezimbra, assumiu nesta segunda-feira (6) a chefia da 28° Delegacia de Polícia Regional do Interior, o delegado Jader Ribeiro Duarte. Até então Duarte respondia pela Delegacia de Pronto Atendimento de Carazinho e a DP de Colorado.

Em entrevista á Rádio Diário AM 780, ele comentou que sua atuação terá foco na operacionalidade e no constante diálogo com os demais órgãos vinculados a área de segurança pública.

“Administração será voltada muito para operacionalidade, é meu perfil de muitos anos, buscando coibir o crime organizado, coibir crimes violentos, vou me aproximar muito da Brigada Militar, Susepe, IGP e Ministério Público para discutirmos juntos as melhores técnicas policiais e judiciais para ter êxito na prevenção e na punição judicial de modo que provas bem qualificadas possam subsidiar bons processos e por consequência a devida punição a aqueles que transgredirem a lei” cita Duarte.

O delegado comentou que dentre uma de suas metas esta a efetivação da Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado. “Iremos buscar recursos humanos e materiais para esta tarefa, temos um projeto que esta sendo gestado a bastante tempo que é a Draco, e agora com minha assunção na regional será prioridade nossa da Polícia Civil trazer esta delegacia aqui para a região. Já  estamos em fase final de conclusão das obra e que permitirá então pleitearmos. Já estive em Porto Alegre e uma das condições para aceitar a função da Delegacia Regional foi haver uma convergência de propósitos, e meu diretor de Delegacia de Polícia de Interior concordou que se faz necessário uma Draco. A Chefe de Polícia também já teria manifestado como positiva a vinda desta delegacia que ajudará bastante na repressão dos crimes organizados” afirmou Duarte.

O policial citou ainda como prioridade inserções em relação aos casos receptação de materiais e de estelionatos. “Outro trabalho que precisa ser bem direcionado é contra os estelionatos. Precisamos especificar aqui na delegacia e ter cartórios especializados para combater os estelionatos que se expandem, sendo que a maioria dos crimes se dão via whatsapp, via internet e são crimes praticados por criminosos de outras regiões do Brasil, na sua maioria de dentro de presídios. Isto exige um trabalho de  interlocução com outras regionais e de outros estados, e demanda mais tempo, mais  desprendimentos e mais recursos. As vezes as respostas não chegam tão de imediato, mas o importante é termos este trabalho preventivo de orientação e de educação da população para lidar com criminosos desta natureza”, citou o regional.

Duarte também sinaliza que espera que as reuniões do Gabinete de Gestão Integrada Municipal de segurança instalado pouco antes do início da pandemia voltem a ser realizadas em breve. “Imaginamos que em 2022 o prefeito reative o Gabinete de Gestão Integrada Municipal e assim discutir com todos os representantes da maioria dos segmentos da sociedade que estão representados, de como querem a segurança pública em nossa cidade para que esta integração efetivamente ocorra e resulte na diminuição da criminalidade e no desenvolvimento da nossa região” afirma o delegado.

Mesmo na função de delegado regional, Duarte continuará respondendo pela   Delegacia de Colorado e a delegada Heladia Cazarotto, além da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente, volta a responder pela Delegacia de Pronto Atendimento de Carazinho.

Diario da Manha

Mais em Geral