GeralPolítica

Parlamentares propõem realocar emenda para que duplicação da BR-386 seja concluída

0
Compartilhe este post

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

Liderados pelo deputado Giovani Cherini (PDT), os parlamentares da Bancada Gaúcha Federal se reuniram na tarde desta quarta-feira, 3, em Brasília, com o diretor geral do DNIT ((Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Valter Casemiro Silveira e com o Superintendente do DNIT no Rio Grande do Sul, Hiratan Pinheiro da Silva. Em pauta, a paralisação das obras de duplicação da BR-386, no trecho entre Estrela e Fazenda Vilanova, ocorrida na última semana de janeiro em razão da falta de recursos do governo federal.

No local, ainda restam para ser duplicado aproximadamente dez quilômetros de um total de 34 previstos no projeto. O DNIT explica que o valor total a ser para concluir os trabalhos é de cerca de R$ 19 milhões, porém, o departamento dispõe apenas R$ 2 milhões previstos no Orçamento de 2016.

A proposta apresentada pelos parlamentares é realocar a emenda de bancada no valor de R$ 25 milhões destinados ao trecho entre Carazinho e Iraí. “Encontramos essa maneira de viabilizar a situação das obras da BR-386. Vamos colocar esse recurso para que a duplicação seja concluída”, disse Giovani Cherini.

O pedetista aproveitou a oportunidade para reforçar a solicitação da prefeitura de Soledade, que prevê a instalação de redutores de velocidade no perímetro urbano.

Outros assuntos destacados na reunião com o DNIT

–  Pedido de federalização total da rodovia RSC-101;

–  Continuidade das obras no trevo de acesso ao município de Coronel Bicaco;

– Ponte Internacional nos municípios de Porto Xavier, Porto Mauá e Sarandi para ligação com a Argentina;

O presidente da Emater-RS, Clair Kuhn, voltou a pedir apoio da Bancada Gaúcha Federal no andamento das ações que buscam garantir a filantropia de maneira definitiva.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Geral