DestaquePolíticaÚtimas Notícias

Por 5 votos a 2, TRE-PR decide contra a cassação de Sérgio Moro

0
Foto: Arquivo
Compartilhe este post

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) decidiu, nesta terça-feira (9), por 5 votos a 2, contra a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR).

Os denunciantes e a Procuradoria Regional Eleitoral podem recorrer a decisão no próprio TRE ou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Veja como votou cada desembargador:

– Luciano Carrasco Falavinha Souza: contra a cassação;

– José Rodrigo Sade: a favor da perda de mandato e pela inelegibilidade;

– Claudia Cristina Cristofani: contra a cassação;

– Guilherme Frederico Hernandes Denz: contra a cassação;

– Julio Jacob Junior: a favor da perda de mandato e pela inelegibilidade;

– Anderson Ricardo Fogaça: contra a cassação.

-Sigurd Roberto Bengtsson: contra a cassação.

Vale lembrar que o resultado da Justiça eleitoral do Paraná não serve de parâmetro ou de termômetro para decidir o futuro de Sergio Moro, uma vez que o ex-deputado Deltan Dallagnol foi absolvido no TRE, mas acabou cassado no TSE.

Entenda as acusações:

Duas Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJEs) foram protocoladas pelo pelo PL e pela Federação Brasil da Esperança – FÉ BRASIL (PT/PCdoB/PV), nas quais acusam Moro de abuso de poder econômico pela suposta realização de gastos irregulares no período de pré-campanha nas eleições passadas. Em 2021, Moro estava no Podemos e realizou atos de pré-candidatura à Presidência da República.

De acordo com a acusação, houve “desvantagem ilícita” em favor dos demais concorrentes ao cargo de senador diante dos “altos investimentos financeiros” realizados antes de Moro deixar a sigla e se candidatar ao Senado pelo União.

Band News

Mais em Destaque