GeralRegião

Prefeitura confirma que não haverá desfile de carnaval de rua em Passo Fundo

0
Compartilhe este post
Ana Lanches

A Prefeitura de Passo Fundo anunciou, nesta segunda-feira (29), após reunião com a Liga Independente das Escolas de Samba (LIESPF), que não haverá desfile de carnaval de rua no município em 2022. A decisão foi comunicada pelo prefeito, Pedro Almeida; e pela secretária de Cultura, Miriê Tedesco, durante uma agenda com o presidente da LIESPF, Felipe Machado; e com o assessor Jurídico da entidade, Alex Bilhar. Como alternativa, o Executivo propôs a construção conjunta de um evento no Parque da Gare, similar as festividades dos carnavais populares promovidos em anos anteriores.

De acordo com o prefeito, a confirmação de que a Prefeitura não investirá recursos públicos em desfiles das escolas de samba no próximo ano se deve, além da preocupação sanitária com a Covid-19, também a falta de tempo hábil para a captação de verbas, organização das agremiações e produção do evento. “Queremos garantir a retomada de eventos que sejam sustentáveis e que contemplem toda a população. Sabemos que a organização de um desfile envolve muitos atores e demanda investimentos que não temos condições de custear, além de exigir um tempo prévio que não dispomos”, explicou Pedro.

No entanto, o prefeito reforçou que o Carnaval está inserido como uma das atividades dentro do projeto Cidade dos Festivais. “Vamos aproveitar o espaço do Parque da Gare e realizar um carnaval popular no anfiteatro com atrações musicais locais, incentivando um maior envolvimento das famílias”, afirmou Pedro, destacando que muitas iniciativas culturais e artísticas que serão fomentadas no próximo ano atendem ao objetivo de envolver a comunidade. “É preciso mobilizar as pessoas, trabalhar de forma estruturada e organizada para que seja possível construir uma festividade popular, pautada na tradição carnavalesca que durante muitos anos movimentou as comunidades”.

O presidente da Liga observou que a preocupação com os cuidados sanitários e os protocolos de prevenção ao Coronavírus fazem parte dos debates da entidade com as escolas de samba locais, que compreenderam o momento vivido em saúde pública. “Entendemos a preocupação do Executivo e nos somamos a ela. Queremos popularizar, novamente, o carnaval em Passo Fundo e, para isso, é preciso agir de maneira organizada. Vamos compor um grupo para apresentações, divulgar nossas atividades e ser também um elo entre a Prefeitura e as comunidades”, ponderou Machado, acrescentando que o Carnaval Popular da Gare, sugerido pelo prefeito como alternativa, é uma possibilidade de manter viva a cultura popular do samba. “Certamente é uma ação que vamos nos engajar”.

Radio Uirapuru

Mais em Geral