Conecte-se Conosco

Agricultura

Produtores sócios da Cotriel na disputa do desafio de máxima produtividade do CESB

Publicado

em

A exemplo do que aconteceu em 2018, quando participou com o associado Vitor Alexandre Ceolin, campeão brasileiro da categoria irrigada de produtividade, com 113,04 sacas de soja por hectare obtida em sua propriedade em Pinhal Grande, a Cotriel novamente está participando do Desafio Nacional de Máxima Produtividade do Comitê Estratégico Soja Brasil – CESB. Foram inscritas as áreas dos sócios Antonio Nogueira Dreher, Elio Brands, Fábio Ecke, Evandro Bernardy, Evandro Facco, Fábio Lasch, Inácio Zacarias Goretti, Jonas Billig, Márcio Lasch, Mateus Rizzi, Paulo Renato Camargo Maier, Rafael Rech, Vilson, Vitor e Luis Fernando Ceolin e Volmir Capitâneo.

Um dos inscritos que foi visitado por nossa reportagem é o associado José Adriano Parizotto, o Juca, da comunidade do Arroio da Prata. Ele disse que no ano passado foi apresentado ao desafio e gostou da proposta. “ Esta área já faz 6 anos que está com agricultura de precisão. Há dois anos fui bem de colheita de soja, a variedade do Lança, deu em três hectares 104 por hectare. Com milho tivemos uma produtividade de 180 sacos por hectare com o cultivar 9025 da Agroceres. Logo depois, cultivamos Trigo Mourisco e depois resolvemos de participar com os cultivares Zeus da Brasmax e o Monsoy sendo que o restante da área é Lança. Ele disse que esta rotação de cultura melhorou na produtividade da soja: Se a gente quiser chegar a mais de 80 sacos por hectare esse é o caminho. Para o milho este ano obtive 230 sacos por hectare, no sequeiro, sem irrigação. A rotação de cultura tem funcionado muito bem para minha área e temos de buscar algo a mais sempre”, finaliza.

Entidade sem fins lucrativos, o Comitê Estratégico Soja Brasil é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), formada por profissionais e pesquisadores de diversas áreas que se uniram para trabalhar estrategicamente e utilizar os conhecimentos adquiridos nas suas respectivas carreiras em prol da sojicultura nacional.

O Desafio de Máxima Produtividade, surgiu em 2008 e vem contando com centenas de participantes que buscam atingir a meta de mais de 80 sacas por hectare. Todo conhecimento e técnicas adquiridas ao logo desses anos de desafio pelo Comitê é compartilhado com os produtores. O resultado desse trabalho é a ultrapassar da margem de 141 sacas por hectares, com sustentabilidade e viabilidade, descortinando um novo cenário onde é possível produzir mais no mesmo espaço, utilizando pesquisas, tecnologias e a sustentabilidade como pilares para alcance dos maiores índices de produtividade de soja.

Fonte: Cotriel. 

Propaganda
Clique para comentar
Propaganda