Sem categoria

Reféns levados por criminosos que explodiram agência do Banco do Brasil são libertados

0
Foto: Jonatan Palla/ClicEspumoso
Compartilhe este post

As quatro pessoas que foram levadas como reféns pelos criminosos que explodiram caixas eletrônicos do Banco do Brasil na noite desta quarta-feira, 06, já foram libertadas.

Cerca de 10 vítimas, inclusive um casal com seu filho, foram utilizadas no cordão humano que foi formado no entroncamento das Avenidas Fernando Ferrari e Ângelo Macalós, apenas a alguns metros da agência. Das 10 vítimas, quatro foram posteriormente levadas pelos criminosos no momento da fuga. Os bandidos libertaram os reféns na ERS 332, na saída para Soledade, próximo a comunidade do Alto Tigreiro, ainda em Espumoso.

Segundo o depoimento das vítimas, cinco ladrões renderam um grupo de jovens que havia parado na entrada da Cidade, utilizaram a caminhonete dos jovens, desceram até o banco e os obrigaram a fazer um cordão humano no local. Conforme os veículos iam se aproximando do local, os ocupantes eram também obrigados a fazer parte do escudo. De acordo com as testemunhas os meliantes pediam calma para as vítimas e diziam apenas querer o dinheiro do banco. Durante a fuga dois dos reféns foram obrigados a sentar nas janelas dos veículos. Os criminosos fugiram em direção à Soledade levando uma quantia em dinheiro de um dos caixas explodidos.

A Brigada Militar e Polícia Civil estão realizando buscas na região. Ninguém ficou ferido na ação.