GeralPolítica

Resumo da sessão da Câmara de Vereadores de Espumoso do dia 05 de Dezembro

0
Compartilhe este post

EXPEDIENTE VERBAL

A vereadora Sonia Maria Cambrussi Dolci solicitou ao Poder Executivo Municipal explicações sobre a retirada de uma lixeira na comunidade da Volta Alegre e para que reponha a mesma, pois tem muito lixo acumulado.

EXPEDIENTE DO PODER EXECUTIVO

Estava baixado para as comissões de Constituição e Poderes e Economia e Finanças o Projeto de Lei Municipal nº 057/2016 que autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir crédito adicional suplementar no valor de R$ 1.804.613,74 sendo que as comissões exararam parecer favorável e o parecer do Consultor Jurídico pela legalidade.

O Presidente abriu espaço para que o Secretário da Fazenda Ricardo Strelow explicasse o Projeto de Lei:

“Houve um excesso de arrecadação no município e os fatos foram distorcidos. O que foi dito aqui e publicado não é verdade. Enquanto o país está vivendo uma crise, aqui em Espumoso estamos com excesso de arrecadação e este excesso esta sendo remanejado conforme a lei, sendo que 25% serão destinados para a Educação, 18% para a Saúde e 5% para cobrir as despesas com folha de pagamento. Não irei detalhar todo o projeto porque todos os vereadores tem o mesmo em mãos. Está sobrando mais de R$ 1.800.000,00 e nós estamos felizes com isso. Estamos controlando para chegarmos até o final do ano com gastos equilibrados. Tivemos um decréscimo no retorno do FPM de quase um milhão de reais a menos. O que aconteceu foi um erro grave, pois nas redes sociais e na rua estão dizendo que agora tem R$ 1.800.000,00 para gastar e que foram tirados da saúde. Isto não é verdade. Espera que agora fique esclarecido isso”.

Usando a palavra, a vereadora Sonia Cambrussi Dolci:

“Com este superávit que tivemos em todos os outros locais, o valor será investido nestes locais ou eles já foram investidos? Da mesma forma que o Secretário é cobrado, os vereadores também e quero saber se estes valores serão alocados onde”.

Resposta do Secretário Ricardo Strelow:

“O valor será investido nestas contas de despesas conforme consta no projeto que vocês têm em mãos. O orçamento da Saúde neste ano de 2016 foi de R$ 6.000.000,00, mas já foram utilizados em torno de R$ 8.000.000,00 e chegaremos até o final do ano em torno de R$ 10.000.000, 00 de gastos na Saúde. Então, se dizer que não tem dinheiro pra Saúde, que não tem as coisas, não é bem assim. Reclamam que não é feito nada na Saúde, existem muitas críticas. Dizem que não te dinheiro, não tem saúde. Nós temos que gastar com responsabilidade e as contas dizem isso”.

A vereadora Sonia pediu a palavra novamente:

“Sempre acompanhei o seu trabalho na Secretaria da Fazenda e sempre assisti a briga no gasto dos valores em cada Secretaria. No momento que recebemos o projeto, recebemos com este superávit e com o saldo a gastar no momento. Sabemos que é de competência do Executivo. Não sabíamos que este valor seria gasto em um mês com a Saúde, que seriam para pagar dívidas com o Hospital, Médicos e pessoal. Não veio explícito que seriam gastos desta forma. Na minha concepção estaria sobrando pela Saúde R$ 800.000,00. Esta foi a minha leitura do projeto, o que veio explícito no projeto. Por isso tive este entendimento e baseado no que veio fui conversar com pessoas que entendem. Sem duvidar do seu trabalho, mas o senhor sabe da interrogação com outros trabalhos. Foi isso que coloquei nos questionamentos e agora tenho o entendimento de que foi arrecadado a mais e serão gastos em outro local”.

Solicitando a palavra, o vereador João Roberto Vogel:

“Hoje vi que tem falta de comunicação entre o Executivo e o Legislativo. Quando veio para esta casa o projeto com pedido de urgência urgentíssima nos apavoramos com os valores e não entendemos que estariam sendo locados na Secretaria da Saúde estes R$ 800.000,00. Isso nos causou espanto. O que houve foi uma falta de comunicação e que isto não aconteça mais. Que haja diálogo antes para não gerar este mal estar, porque o desgaste foi muito grande. Não foi só na Saúde, com a limpeza pública. Faltou o Executivo e o Legislativo sentarem e discutir”.

Palavra do vereador Vagner dos Santos:

“Na Constituição Federal diz que os poderes são independentes entre si e harmônicos e aqui não é isso que se vê. Todos os Prefeitos que passaram por aqui veem os vereadores como meros votantes. Não somos valorizados e poucas vezes tivemos plateia para acompanhar os trabalhos. É bom os vereadores se impor mais. Essa administração nunca deu valor aos vereadores, porque todos aqui têm dezenas de solicitações não esclarecidas até hoje. Uma das únicas secretarias que funcionou corretamente foi a Secretaria da Fazenda, pois o senhor conseguiu controlar os gastos. Na questão deste projeto, houve falha na comunicação e este foi o fator fundamental. Quando veio o projeto para que o Poder Legislativo votasse o contrato com o Badesul, os vereadores do PDT votaram contra o empréstimo, mas foi noticiado que os vereadores votaram contra o asfaltamento da Avenida São Jorge”.

O Presidente agradeceu a presença do Secretário da Fazenda e colocou o Projeto em discussão.

Solicitando a palavra, o vereador Luiz Marchese:

“Cada vereador tem uma forma interpretativa do Projeto de Lei. Eu não vi nada de anormalidade com o excesso de arrecadação. É responsabilidade do Executivo destinar onde usar a verba, até porque tem o Tribunal de Contas que irá fiscalizar todo o destino. E volto a afirmar aqui que as redes sociais são extremamente perigosas, pois esta semana jogaram a Câmara de Vereadores e os vereadores no lixo”.

Usando a palavra o Presidente Leoberto Comin afirmou que não somente as redes sociais, mas também a imprensa distorce as notícias.

Colocado em votação, o referido projeto foi aprovado por unanimidade.

COMUNICAÇÕES DE LIDERES

O vereador Jadir José Oliveira, líder da Bancada do PP, convidou a todos para participarem da procissão das comunidades de Pontão do Butiá e São Lourenço e também para a festa da comunidade da Linha Seca no dia 11.

O vereador Vagner dos Santos, líder da Bancada do PDT, também convidou a todos para a procissão das comunidades de Pontão do Butiá e São Lourenço neste feriado do dia 08 e para a festa da Linha Seca no dia 11.

Produção e edição: Criare Agência

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Geral