DestaquesGeralPolíciaRegião

Tapera: Extorsão através do golpe dos “nudes”

0
Compartilhe este post

O Delegado Marcos Muniz Veloso em entrevista à Rádio Cultura, na manhã desta sexta-feira, 05, esclareceu sobre os crimes de extorsão que estão ocorrendo na cidade de Tapera. As vítimas do golpe, são geralmente homens, acima de 30 anos, possivelmente casados ou que possuam um relacionamento.

De acordo com a Polícia Civil, todos os golpes seguiram o mesmo roteiro. O perfil de uma mulher jovem faz um convite de amizade em uma rede social, ou algo similar. O homem aceita o convite e ambos começam a trocar mensagens. A conversa evolui até o ponto em que a mulher, que se diz ser de maior de idade, envia fotos íntimas, popularmente conhecidas como ‘nudes’, e o homem por sua vez também envia foto sua, despido.

Passando alguns dias, entra em contato com a vítima um homem que se identifica como sendo pai da jovem, diz ter descoberto o envolvimento entre a filha e a vítima, que a mesma é menor de idade. Alega que a menina tenha tido danos psicológicos em virtude das trocas de mensagens que ocorreram com o homem, relatando que esta quebrou o celular, quebrou o notebook…

Diante disso, o golpista passa a exigir dinheiro, argumentando que se a vítima não der o valor, que refere-se também aos danos do celular, notebook e tudo mais, ele vai expor a foto íntima que o homem enviou nas trocas de mensagens, e acusá-lô de pedofilia na delegacia de polícia. Confuso e desesperado a vítima é coagida a dar dinheiro para não ser exposto.

Entretanto, o estelionatário não para por aí, em seguida outro número entra em contato com a vítima, dizendo ser delegado ou inspetor de polícia, utiliza-se de fotos dos mesmos, diz ter recebido uma denúncia sobre o ocorrido, sugere um acordo e pede mais dinheiro.

Conforme o delegado, nessas extorsões foram exigidos valores altos. Houveram aproximadamente 30 casos na cidade de Tapera e 01 em Lagoa dos Três Cantos.

Como não cair nesse golpe?
• Evite adicionar e conversar com perfis desconhecidos;
• Evite conversar com prefixos telefônicos desconhecidos;
• Não troque fotografias, que possam ter conotação íntima, através do WhatsApp ou Messenger;
• Jamais faça depósitos, transferências ou pagamentos para desconhecidos;
• Se for vítima de algum golpe, procure a polícia e registre ocorrência.

Mais em Destaques