EsporteGeral

TJD pune Guarany/Cotriel com perda de um mando de quadra

0
Compartilhe este post

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

A Federação Gaúcha de Futebol de Salão divulgou na terça-feira, 19, o resultado do julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva que julgou os relatórios apresentados no jogo entre Guarany e SASE realizado no dia onze de junho em Espumoso. De acordo com o resultado do julgamento, as equipes do Guarany e SASE foram punidas com a perda de um mando de jogo e pagamento de uma multa de R$ 200,00 por promoverem tumulto durante a partida de futsal.

Além dessa decisão, o atleta Matheus Todeschini foi punido com cinco jogos de suspensão e pagamento de multa de R$ 100,00.

De acordo com o presidente do Guarany, Lucio Porn, a direção do clube entrou com pedido de efeito suspensivo da decisão. “Nós já entramos com um pedido de efeito suspensivo da decisão, visto que hoje já é quarta-feira e temos jogo em casa nesse final de semana, se a decisão fora válida para esse final de semana, não será possível organizar um novo ginásio, ambulância, segurança é todos os detalhes necessários para realizar a partida.” Explicou o presidente.

A FGFS ainda não se manifestou sobre o pedido de efeito suspensivo.

Acompanhe o relatório.

DECISÃO: Por maioria dos votos, condenaram o atleta Matheus André Todeschini a suspensão de uma partida oficial, por infração ao artigo 258-B, do CBJD e mais suspensão de quatro partidas oficiais e multa de R$100,00 (cem reais), por infração ao artigo 243-F, §1º, do CBJD, por unanimidade de votos absolveram o atleta Lucas Amaral da Rosa, advertiram o atleta José Eduardo Beck Pereira, por infração ao artigo 250, do CBJD, condenaram o Guarany a multa de R$200,00 (duzentos reais) e a perda de um mando de quadra, por infração ao artigo 213, I, §1º, do CBJD e SASE a multa de R$200,00 (duzentos reais) e perda de um mando de quadra por infração ao artigo 213, I, §1º, do CBJD. Relator: Dr. Marcelo Azambuja.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Mais em Esporte