DestaquesGeral

Um dos mortos em confronto no Rio de Janeiro é responsável pelo assassinato de 14 agentes só na última semana

0
Compartilhe este post

Um dos 26 mortos na operação da Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Vila Cruzeiro, no Rio de Janeiro, foi o mandante de mais de 20 ataques a agentes de segurança no estado do Pará nos últimos 30 dias, de acordo com a polícia, sendo que 16 deles terminaram com profissionais mortos.

Os crimes contra agentes seriam uma represália ao tratamento dispensado aos detentos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Pará. De acordo com a polícia, ele ordenou 14 crimes somente na última semana, entre eles a execução de um militar da Aeronáutica, morto dentro de um ônibus, e de um sargento da PM. Ele respondia atualmente a 23 processos pelos crimes de homicídio, associação para o tráfico e tráfico de drogas.

 

Mais em Destaques