GeralPolíciaRegião

Dois homens são presos pela morte de agricultor em Quinze de Novembro

0
Compartilhe este post
Ana Lanches

Polícia Civil esclarece latrocínio e prende os autores

A Delegacia de Polícia Civil de Ibirubá esclareceu a autoria do latrocínio que vitimou Vanderlei José Theisen, ocorrido no dia 29/03/21, na localidade de Passo do Lagoão, interior de Quinze de Novembro.

Após cinco meses de investigação, a Polícia Civil identificou os dois indivíduos que praticaram o roubo que culminou na morte de Vanderlei, após este ser agredido na cabeça com o uso de um moedor de carne. Além disso, recuperou o carro que havia sido roubado e localizou uma arma que também havia sido levada durante o assalto. Segundo a Polícia Civil, são dois homens, um de 25 e outro de 23 anos.

Um é morador de Quinze de Novembro e o outro é morador de Marau. Ambos já haviam se envolvido anteriormente em crimes graves. Depois de serem identificados, o Poder Judiciário da Comarca de Ibirubá expediu ordens de prisão preventiva contra os dois, as quais restaram cumpridas nesta manhã. Os presos estão recolhidos aos presídios de Passo Fundo e Espumoso, onde permanecem a disposição da justiça.

Segundo o apurado, as agressões contra Vanderlei teriam se dado, a fim de evitar qualquer tipo de reação durante o assalto. A Polícia também informou que algumas diligências ainda estão sendo realizadas, mas que o inquérito policial será remetido ao Fórum nós próximos dias.Polícia Civil esclarece latrocínio e prende os autores A Delegacia de Polícia Civil de Ibirubá esclareceu a autoria do latrocínio que vitimou Vanderlei José Theisen, ocorrido no dia 29/03/21, na localidade de Passo do Lagoão, interior de Quinze de Novembro. Após cinco meses de investigação, a Polícia Civil identificou os dois indivíduos que praticaram o roubo que culminou na morte de Vanderlei, após este ser agredido na cabeça com o uso de um moedor de carne. Além disso, recuperou o carro que havia sido roubado e localizou uma arma que também havia sido levada durante o assalto. Segundo a Polícia Civil, são dois homens, um de 25 e outro de 23 anos.

Um é morador de Quinze de Novembro e o outro é morador de Marau. Ambos já haviam se envolvido anteriormente em crimes graves. Depois de serem identificados, o Poder Judiciário da Comarca de Ibirubá expediu ordens de prisão preventiva contra os dois, as quais restaram cumpridas nesta manhã. Os presos estão recolhidos aos presídios de Passo Fundo e Espumoso, onde permanecem a disposição da justiça. Segundo o apurado, as agressões contra Vanderlei teriam se dado, a fim de evitar qualquer tipo de reação durante o assalto.

A Polícia também informou que algumas diligências ainda estão sendo realizadas, mas que o inquérito policial será remetido ao Fórum nós próximos dias.

Destaques da coletiva de imprensa do Delegado Márcio Marodin:

A dupla de criminosos se conheceu na FASE (Fundação de Atendimento Sócio- Educativo/ Passo Fundo)

A vítima foi escolhida antecipadamente, foi um crime premeditado.

Delegado não revelou qual dos dois criminosos foi responsável pela agressão que matou a vítima.

Foram levados um carro, arma, celular e dinheiro da vítima. O carro estava escondido em um matagal no município, e foi encontrado quase três meses depois.

A ficha criminal dos autores tinha roubo a propriedade rural quando eram adolescentes, após a maior idade não haviam registros contra a dupla.

Um dos delinquentes foi reconhecido pela família da vítima como autor do latrocínio.

Da Redação Integrada Rádio Cidade e Jornal O Alto Jacuí
Fotos: Andrei Grave/Arquivo

Mais em Geral