GeralPolíciaRegião

Mulher que tentou matar a filha ao provocar acidente é condenada a 19 anos de cadeia

0
Compartilhe este post

A mulher que tentou matar a filha, de apenas dois anos, e também tirar a própria vida ao provocar um acidente na BR 386, em Lajeado, em maio deste ano, foi condenada a 19 anos de prisão em regime fechado. A sentença foi dada pela juíza responsável, Carmen Luiza Rosa Constante, após sete jurados julgarem Ana Alice Albaneze Gregório, de 34 anos, culpada. O caso foi julgado no Fórum da Comarca de Lajeado, cidade onde ela residia e ocorreu o fato. A mulher foi condenada por tentativa de homicídio da filha e de demais envolvidos no acidente, já que tudo foi proposital.

No julgamento a acusação buscava a condenação diante da tentativa de homicídio e a defesa da mulher sustentava que tudo aconteceu por abuso psicológico que ela sofria com o ex-companheiro, o que não foi aceito pelos jurados.

As primeiras testemunhas ouvidas foram a mãe da acusada, uma vizinha  e a irmã do ex-companheiro. Todas relataram casos sobre a relação conturbada do casal, que tinha muitos problemas de relacionamento. Em depoimento, a acusada afirmou que pretendia cometer suicídio no dia do acidente, e levou a filha junto por entender que a família do ex-companheiro não teria condições de cuidar da criança. Após o julgamento a acusada retornou ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre.

O caso:

No dia 17 de maio, a mulher conduzia um Uno, no sentido capital/interior da BR-386, quando bateu de frente em uma carreta, com placas de Anta Gorda em Lajeado-RS. A mulher ficou presa nas ferragens. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Lajeado e encaminhada ao Hospital Bruno Born. A criança estava na cadeirinha e nada sofreu.
Investigações da Polícia Civil apontaram que a mulher cometeu o ato, pois queria se vingar do ex-marido, pai da criança. Na ocasião, a delegada da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, Shana Luft Hart, afirmou que  pouco antes do acidente, um vídeo chamou atenção nas redes sociais, onde a mulher estava dentro do carro com a filha no banco de trás.

De acordo com Shana, o motivo do acidente seria uma vingança, já que a mulher teria descoberto relação de seu ex-companheiro com outra pessoa e prometeu que “iria causar a mesma dor que ele causou nela”. Ela teria avisado a mãe dele de sua decisão.

 

*Informações do Grupo A Hora

Mais em Geral