DestaqueGeral

Polícia Civil inicia investigação sobre jovens espumosenses agredidos em Tapera

0
Compartilhe este post

[vc_row][vc_column width=”1/1″][vc_column_text]

A Polícia Civil de Tapera já iniciou a investigação sobre a briga que deixou quatro jovens espumosenses gravemente feridos no final de semana. De acordo com as informações do Delegado Marino Franceschi  os primeiros trabalhos são na busca por possíveis testemunhas. “Nós já iniciamos os trabalhos de investigação e inicialmente vamos procurar por testemunhas que possam nos auxiliar no esclarecimento das causas das agressões.” Explicou Marino.

Ainda segundo Franceschi, a investigação poderá apontar para lesão corporal ou até mesmo tentativa de homicídio. “Depois que ouvirmos as testemunhas e analisarmos os depoimentos, nós vamos ter com mais clareza as reais causas do ocorrido. Se houve intenção de morte, os responsáveis serão punidos por tentativa de homicídio ou se foram somente agressões eles serão indiciados por lesão grave.” Destacou o delegado.

Entenda o caso:

Quatro jovens espumosenses foram espancados de forma brutal em uma briga no sábado em Tapera. De acordo com o relato do irmão de duas das vítimas em uma rede social, pelo menos 20 pessoas partiram para cima dos espumosenses e os agrediram de forma covarde e brutal. As agressões envolveram, inclusive, golpes de facão.

Os quatro jovens tiveram vários ferimentos, mas o caso mais grave é de Andirlei da Silva, que está internado no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. Andirlei teve trauma de face e vários ferimentos graves. Os demais foram internados com cortes por todo o corpo no hospital Notre Dame São Sebastião, mas já tiveram alta.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Mais em Destaque